18 de novembro de 2006

UM SUJEITO AFORTUNADO

Não tenho os créditos da foto. O sinistro aconteceu na BR 324, em Feira de Santana (BA). Qualquer pessoa há de se perguntar se o sujeito dono deste carro achou que teve prejuízo ou lucro. Você acha o quê? Pode parecer com aquela velha história da "Lei de Murphy", se existe uma possibilidade de dar errado, prepare-se, pois vai dar errado. Sei não, mas acho que isso é o alimento dos pessimistas. O cara pode raciocinar de duas formas: 1) como sou azarado! Perdi meu carro! 2) Que sorte! Que maravilha! Tô vivo! Escapei fedendo! (Essa é de Juazeirinho!). Eu, quando menino, tinha uma mania esquisita de desafiar alguns tabus e o azar. Diziam que se a gente revirasse a pálpebra superior dos olhos e, naquele instante, o galo cantasse ficaria daquele jeito pra sempre. Pois não é que eu fazia e ficava ali, esperando... pra ver ser o galo cantava e o que aconteceria. A esta altura não lembro mais se o galo cantou alguma vez, coincidindo com aquela bizarrice. Outra coisa desafiante era passar por baixo de escadas na rua. Encontrar um gato preto e ficar torcendo pr'ele cruzar pela frente... nunca entendi bem porque fazia aquilo, mas era muito engraçado. Psicólogos, psicanalistas talvez ajudem-me a entender. Afinal, há um adágio antigo que diz que quem cospe pra cima tem grande chance de levar na cara. Depois de um tempo, ao menos pro tabu da escada encontrei explicação. Se ela escorregar na hora em que você vai passando... ai! Tive sorte até hoje e depois de um tempo larguei de fazer esses desafios. Hoje, quando vi a foto, enviada por meu irmão Gilberto, pensei comigo mesmo: sou um cara muito afortunado! Quantas vezes não escapei (simbolicamente)como o cara do carro? Fechei os 44 esta semana e perdi a conta de apertos de mão, abraços, sorrisos, votos, telefonemas, presentes antecipados e atrasados... muitos de amigos de perto e de longe. Algo me inquietou profundamente e me fez mudar um conceito. Sempre achei que presente é pra fazer a felicidade de quem o dá. A alegria de dar presentes deve ser sempre maior que a de receber. Fico todo sem graça ao receber um presente (os amigos já conhecem e não sei se é um defeito), quando deveria demonstrar contentamento. Mas, o bom mesmo é dar presentes. Agora tenho pensado em inverter a lógica. Penso que no nosso aniversário deveríamos comprar um montão de presentes pra dar. Se isso não fosse possível, uns cartões, uns telefonemas, uns emails, uns scraps uma série de visitas... a todos os nossos amigos. Você chegar no dia do seu aniversário e nunca mais o amigo passar aquele 'aperto' de arrumar uma desculpa pro esquecimento. Você liga logo cedo e diz: "valeu, cara! Hoje é meu aniversário e estou ligando pra lhe agradecer por ser meu amigo, por me dar este fantástico presente." Imagine você chegar prum amigo que não vê há um bom tempo, levar-lhe um mimo, um regalo e dizer: "hoje é meu aniversário e lembrei de você, amigo! Vim aqui só pra dizer que, mesmo distante, mesmo sem nos vermos ou nos falarmos durante tanto tempo, você continua meu amigo. Por isso vim lhe dar um presentinho, pra que você saiba o quanto agradeço por você existir e me presentear com sua amizade." A vida em si é um presente. Aliás, é o presente. Ter amigos que fazem com que nos sintamos importantes, gostados, amados, aí já é presente borbulhando como champanhe em fina taça. Acho que, como o cara do carro azul da foto, sou um sujeito extremamente afortunado.

3 comentários:

Marco di Aurélio disse...

Tu me fez lembrar de meus tempos de estudante em Recife, quando chegava no Cais de Sta Rita, nos pega-bêbo do entorno, e mandava, em voz alta, o sujeito fazer uma vitamina de manga. O sujeito dizia: temos não... só posso fazer um suco. Ochente, rapaz, eu num tou pidino!!! - Daí ele fazia, e eu entornava o copo com todo mundo me olhando pra ver se eu morria ali mesmo !!! (manga com leite mata - isso é conversa de senhor de engenho)

Rangel Junior disse...

E abacaxi com leite então?
Temos muito ainda que aprender.
Tá valendo, caba vei!
Abraço cangaceiro.

Daera disse...

Valeu Rangel é isso ai parabens