7 de outubro de 2008

QUEM ERROU?

Muito engraçada a reação pós-eleitoral em Campina Grande. A depender do lado, a interpretação é apenas o contrário exato da outra.
Para uns, os institutos de pesquisa (IBOPE e outros de menor fama) erraram com as pesquisas de opinião, prejudicando o processo eleitoral;
Para outros, a realidade que errou ao não acompanhar os institutos de pesquisa, também pejudicando o processo eleitoral.
Dizem que, a depender do grau de intensidade da ação, do problema, a coisa pode servir ao mesmo tempo pra rir e pra chorar.
Eu apenas pergunto qual é o caso aqui...

4 comentários:

Débhora Melo disse...

Caro Rangel.

Terá sido "contradição" ? Matematicamente toda pesquisa há uma margem de erro de 5%, se serve para explicação para alguns , que seja.

Mas a questão nao são os números e acho que nem é bem a politica, é que a essência da alma humana é mesquinha, quer o poder material acima de todas as coisas, enquantos alguns se alienam, vendem suas ideologias, seus conceitos e vivem em cima destas verdades ... suas verdades, achando-se salvadores da "Pátria", piso com os meus pés bem firmes no chão e vivo intensamente as contradições da minha alma.

Um abraço.

Débhora Cunha Melo.

RANGEL JUNIOR disse...

A verdade será sempre algo construído e sancionado, assim eu aprendi a luta política e no estudo sobre a ciência.
O processo eleitoral é sempre mais disputa de poder que qualquer outra coisa. Abraço.

Débhora Melo disse...

Rangel

É sim uma disputa de poder.
De todos os meios de "poder".
O sistema torna nossos representantes corruptos, por bem intencionados que possam estar inicialmente... sobretudo com o populismo e a politica do socialismo da miséria petista, estão implantando,a longo prazo o terrorismo no Brasil... Infelizmente, creio eu que estejam acabando com a classe média... que é a elite pensante deste país.

Nao gosto de politica viu? rsrsrs..


Um abraço

Débhora Melo

RANGEL JUNIOR disse...

Tudo bem!!!! Tudo bem!!!!!!!
Pra mim, a política feita com seriedade e princípios é uma das coisas mais belas.
Infelizmente, desta forma, tem caído em desuso cada dia mais um pouco.
Gosto demais e respeito que não gosta... rsrsrsrsrs