11 de outubro de 2008

SEM TÍTULO, SEM LENÇO, SEM DOCUMENTO...

Não tenho nenhuma foto, mas as retinas cheias de belas cenas, intrigantes lances, emoções pra lá de explosivas, gritos, aplausos... a emoção da torcida raposeira no Amigão há pouco mais de duas horas na vitória da raposa, por 3 x 0, diante do Rio Branco do Acre. Vaõ dizer os que estão com dor-de-cotovelo que os pobrezinhos viajaram metade do planeta para estarem aqui... vão dizer que essa foi a última, vão dizer que foi bom enquanto durou, vão dizer que a próxima é o fim... vão dizer horrores... A verdade é que (como diz Chico Alemão) a'esquadra' raposeira fez o verdadeiro 'dever-de-casa' e o que se viu no estádio foi um verdadeiro delírio da torcida imensa que compareceu. Mudei planos de final de semana, invertemos calendários e programas e os amigos, Hipólito, Railson, Duda, 'Seo' Antonio, Cacau, Yankel, Rafael, Raniel... um mói de gente que estava lá verdadeiramente gozou apaixonadamente e raposeiramente. Como dizia noutro dia, essa é uma paixão diferente e que não tem fim. Inda bem que tá dando certo... Buarqueando nas palavras, eu diria que 'amanhã vai ser outro dia...' é bem verdade, mas um dia bem melhor que hoje. Um grande domingo pra você!

2 comentários:

Anônimo disse...

Nem deu tempo chegar pra ir ao campo... mas torci de longe e tomei uma skol em nossa homenagem. Tá valendo! Salve a poderosa Raposa! Ana

João Damasceno disse...

A história de luta é o curriculo vivo do nosso amigo Waldir Porfiro, curriculo este lapidado ao longo de muita dedicação pautada na ética, no respeito e acima de tudo na confiança da possibilidade de uma sociedade mais justa e igualitária para esta grande nação. Os que buscam jogar seu nome na lama nunca nos enganaram em sua postura pior do todo que as piores condutas nos tempos aureos da ditadura estes se comportam como a escória de uma escola politica que esta deseparecendo. Infelismente vou reproduzir a fala do ex governador do R.G do Sul, é o preço que se paga por andar com as más campanhias ou seja em Campina Grande o partido das ideias e dos grandes oradores seguiu pelo caminho das trevas. Na natureza o rato quando esta com muita fome come até o próprio rabo.